DOBRAS VISUAIS

Fotografias para o fim do mundo | Parte I

Mike Mandel & Larry Sultan: Evidence, 1977.

Mike Mandel & Larry Sultan: Evidence, 1977.

Convite do Paraty em Foco para editar o blog do festival em 2011. Propus uma série de sete posts intitulada Fotografias para o fim do mundo, um diálogo com a ideia acerca do Futuro da Fotografia, tema do evento.

_____

Olá leitores do blog !

Sou Lívia Aquino e escrevo neste espaço até 15 de setembro, uma semana antes do início do 7o Paraty em Foco.  Meu lugar de origem é o Dobras Visuais.

Há algo de inquietante nesta edição do festival: uma ideia de futuro que aponta para um possível esgotamento da fotografia. Em meio a tantas coisas para administrar no cotidiano temos ainda de lidar com a perspectiva do que vem pela frente. A vida contemporânea parece mesmo bem complicada.

Fiquei dias pensando nisso até perceber que talvez não adiantasse mais. Descobri nas minhas buscas sobre o futuro que, segundo a previsão dos maias, o mundo deve mesmo acabar em 2012. Logo, temos pouco tempo pela frente. Então porque tanta preocupação desse pessoal com nosso destino fotográfico?

Sendo assim, minha contribuição para o blog deste evento que reúne inúmeras pessoas interessadas em imagem é refletir sobre o que podemos deixar de herança para os futuros arqueólogos e historiadores, se é que assim serão chamados, quando algum outro ser inteligente renascer num futuro distante. Seremos todos objetos de estudos desses caras e temos portanto, alguma responsabilidade com o que deixamos como vestígio do nosso tempo. Desta forma, penso que podemos ampliar a capacidade de compreensão disso que vivemos no presente.

Continuando minhas buscas encontrei inúmeras listas para tudo o que ainda precisamos fazer na vida, inclusive no universo fotográfico. Temos várias nos nossos Favoritos para no futuro, quando tivermos tempo, podermos acessá-las para conhecer mais, saber o que tem acontecido no mundo, quais são os principais livros para ler, quem são os artistas que devemos conhecer, quais são as fotografias que necessitamos guardar. Há no mercado editorial um segmento especializado em elaborá-las.

Umberto Eco disse certa vez que gostamos das listas porque não queremos lidar com o fato de que vamos morrer. Lembra vagamente a ideia daqueles contos populares do malandro que queria enganar a morte e ficava driblando e arrumando inúmeras desculpas para a dona da capa preta. Assim parece que somos nós com as tais listas, enquanto elas existirem garantimos um tempinho a mais por aqui.

Bem, já que o tempo é curto, e como eu ando impressionada com o fim que se aproxima, resolvi então elaborar uma lista para nós que estamos neste barco da fotografia. São 7 posts contendo pequenas impressões para que estes futuros pesquisadores possam, que sabe no seu tempo, compreender um pouco a imagem de hoje.

Mike Mandel & Larry Sultan: Evidence, 1977.

Mike Mandel & Larry Sultan: Evidence, 1977.