DOBRAS VISUAIS

O último voo do flamingo | Mia Couto

Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP, 2011.

O que é fotografia?

“Os fatos só são verdadeiros depois de serem inventados.

Na cama do italiano, papéis revolvidos se acumulavam. Massimo, em desespero, revirava as papeladas.

– Veja!

Apontava os papéis e as fotos espalhados. Veja, veja, repetia. Apanhei umas folhas ao acaso. Eram papéis em branco.

– Não está nada escrito aqui.

– Exatamente. E veja as fotos!

Eram papéis de fotografia, mas em branco. Era esse o mistério – aqueles papéis e aquelas imagens não eram virgens. Até ali estavam maculados por letras, por imagens gravadas. Aquelas eram as provas, os materiais que o italiano acumulava para mostrar aos seus chefes.

– Isso tudo se apagou?!

– Tem a certeza que não são outras folhas?

Massimo se agarrou à cabeça.

– Estou ficando maluco, não aguento mais. (…)

O mundo não é o que existe, mas o que acontece.”

Mia Couto em O último voo do flamingo (São Paulo: Companhia das Letras, 2005.)

Para conhecer mais: A imagem de Yasuyoshi Chiba veio do post Respeito pela memória, publicado no Olhavê“Um voluntário na cidade de Kesennuma seca fotografias que foram resgatadas das áreas devastadas. Provavelmente, as fotografias passam por uma limpeza, são lavadas e secas.”